O agricultor moderno deve empregar tecnologia adequada do plantio até a comercialização da produção, esses são requisitos básicos para que um empresário agrícola obtenha sucesso na atividade rural.

Como são muitos os fatores que atuam sobre as plantas que irão definir a produção para uma determinada área, nenhuma técnica isolada poderá garantir boa produtividade. O sucesso estará, portanto, em compreender o que a planta necessita e ajustar o meio para que este corresponda as necessidades da cultura. E isso, normalmente, não se faz adotando numa única técnica, mas sim um conjunto de medidas e uma delas é análise química de terra.

O que é análise de solo?

Essa é uma dúvida muito frequente. Análise de solo é uma espécie de exame médico feito no solo, a fim de saber quais as suas propriedades físico-químicas, como o Ph, quantidade de matéria orgânica, NPK, etc. A partir da análise de solo é possível saber qual a quantidade de cada nutriente presente em determinada área.

Com o conhecimento das características do solo fica fácil saber quanto de adubo aplicar e em que lugar, garantindo a uniformidade nutricional do solo.

É importante realizar a análise química da terra porquê é do solo que as plantas retiram os nutrientes necessários para seu crescimento e desenvolvimento, e para certificar de que o solo dispõe dos nutrientes que elas precisam, será necessário providenciar uma análise da fertilidade do mesmo, a qual permitirá fazer uma avaliação prévia da real disponibilidade desses nutrientes no solo. Entre outras informações, a análise irá determinar o Ph do solo (acidez), teores de alumínio, cálcio, magnésio, teores de fósforo, teores de K, teores de S, matéria orgânica e tipo de textura do solo.

Portanto a análise do solo é o melhor meio para avaliar a fertilidade do solo, uma vez em que, com base nos seus resultados, será possível determinar as doses adequadas de calcário e adubo que garantirão a maior produtividade e lucratividade das culturas.

Dessa forma, todos os técnicos que prestam serviços a uma propriedade agrícola devem estar convenientemente preparados para resolver questões relacionadas a interpretação de análise de terra para fins das recomendações para uma boa fertilidade e uma produtividade melhor para os agricultores.

Consultor Agronômico: Juliano R. Chaves.

Fonte: Departamento de Ciência do Solo, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ).

Dr. Malavalta e Dr. Cantarella.